(Português) Santo André (SP) celebra 50 anos da experiencia de Paulo Freire com alfabetização de jovens e adultos

Sorry, this entry is only available in Português.

(Português) Seminário Internacional de Educação da Uninove: manuscritos de “Pedagogia do Oprimido” chegam ao Brasil

Título: IV Seminário Internacional de Educação “Paulo Freire e a Educação Superior”
Local: Av. Francisco Matarazzo, 364 Água Branca – São Paulo-SP
Link out: Click here
Descrição: O IV Seminário Internacional de Educação terá como tema “Paulo Freire e a Educação Superior”. O educador pernambucano ficou mundialmente conhecido não apenas por suas reflexões, mas também por suas intervenções no campo da Educação de Adultos (EDA). Suas obras, como Educação como prática da liberdade (1967), Pedagogia do oprimido (1968), Pedagogia da Esperança (1992) e Pedagogia da autonomia (1997) foram traduzidas em vários idiomas, mas em nenhuma delas aparece referências muito explícitas sobre as questões da Educação Superior. Contudo, em 1994, por iniciativa de Miguel Escobar Guerrero, Alfredo L. Fernández D. e Gilberto Guevara-Niebla, realizou-se na Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM), um seminário em que Paulo Freire debateu, com muitos pesquisadores da educação e das ciências sociais em geral que estavam presentes, as questões relativas à universidade, à educação superior e ao papel dos intelectuais, explicitando conceitos, categorias e posições inéditas sobre temas que não são muito comuns no conjunto de seu legado.
Data de Início: 2013-11-5
Data do Fim: 2013-11-7

(Português) Homenagem a Paulo Freire na Câmara dos Deputados

Sorry, this entry is only available in Português.

(Português) Documentário tem como protagonistas 19 ex-alunos do educador Paulo Freire em Angicos (RN)

Sorry, this entry is only available in Português.

Como foi a celebração dos 50 anos das “40 horas de Angicos (RN)”

Lutgardes Freire, filho de Paulo Freire, durante a celebração.

Dia 2 de abril celebrou-se os 50 anos das 40 horas de Angicos (RN), no auditório do campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e na Escola José Rufino, em Angicos. O governo do Rio Grande do Norte, por meio da sua Secretaria Estadual da Educação e da Cultura, em conjunto com a Comissão Regional do Projeto Angicos 50 anos realizou o evento, que trouxe fortes emoções a todos e a todas presentes, ao lembrar da experiência de alfabetização de jovens e adultos, desenvolvida pelo educador Paulo Freire (1921-1997).
Continue reading

Senado lembra o cinquentenário da experiência em Angicos (RN)

No dia 2 de abril de 2013, o senador Eduardo Suplicy (PT/SP) discursou em plenária para lembrar os 50 anos da primeira turma de alfabetizados pelo educador Paulo Freire (1921-1997), na cidade de Angicos (RN).

Veja como foi o discurso do senador Suplicy:

Cinquentenário – 40 horas de Angicos (RN)

E a luta contra o analfabetismo no Brasil continua! O governo do Rio Grande do Norte, por meio da sua Secretaria Estadual da Educação e da Cultura, em conjunto com a Comissão Regional do Projeto Angicos 50 anos convida para a celebração do cinquentenário da experiência de alfabetização, desenvolvida pelo educador Paulo Freire (1921-1997). O evento será nos dias 2 e 3 de abril, no auditório do campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) e na Escola José Rufino, em Angicos (RN).
Continue reading

Início das celebrações em setembro de 2012

Idosos_alfabetizados_Angicos_set-12

Algumas das pessoas alfabetizadas pelo educador Paulo Freire (1921-1997) e sua equipe, em 1963.

No ano em que se completam 50 anos da experiência que Paulo Freire realizou na cidade de Angicos (RN), as comemorações já começaram! Em setembro de 2012, foi realizado o I Encontro de Educação de Jovens e Adultos e de Educação Popular, no campus da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), em Angicos.

Continue reading

50 anos de Angicos e do PNA

Angicos não é apenas um símbolo da luta contra o analfabetismo no Brasil. É um caleidoscópio político e pedagógico. A proposta de Paulo Freire é mais ampla: uma educação para a democracia, uma educação que construa a cidadania. A luta contra o analfabetismo no Brasil, que tinha – particularmente naquela época, há 50 anos – um valor político enorme, ao formar novos eleitores, foi um passo importante na reconstrução da cidadania no Brasil.

[jwplayer mediaid="226"]